Valentim Loureiro recandidata-se a Gondomar como independente

Postado Junho 01, 2017

Foi o próprio major quem anunciou a decisão, em entrevista ao Jornal de Notícias.

Hoje, em declarações ao JN, o ex-presidente da Câmara de Gondomar revela que pretende recuperar o cargo, tendo por objetivo "ser útil a Gondomar e aos gondomarenses".

Valentim Loureiro, que em 2012 quase perdia o mandato na Câmara de Gondomar por condenação judicial e em 2013 foi impedido de concorrer por falhas na recolha de assinaturas, vai avançar nas próximas autárquicas.

Além de Valentim Loureiro - cujo regresso foi decidido anteontem, segundo o jornal, numa reunião que juntou pessoas ligadas ao Movimento Independente Valentim Loureiro Gondomar no Coração -, outros dinossauros já assumiram as suas candidaturas este ano, depois de um interregno de quatro anos (ou mais): Isaltino Morais (Oeiras), Joaquim Raposo (Oeiras), Narciso Miranda (Matosinhos), Ana Cristina Ribeiro (BE), Avelino Ferreira Torres (Amarante), Fernando Costa (Leiria) e Fernando Seara (Odivelas) são alguns exemplos. Nessas eleições, Marco Martins, do PS, tornou-se presidente da Câmara de Gondomar. "É preciso ter sensibilidade para os verdadeiros problemas das pessoas", referiu o ex-autarca e agora candidato independente. O ex-autarca de Gondomar (1993-2013) avança como independente, depois de Pedro Passos Coelho, líder do PSD, ter vetado a sua eventual candidatura nas listas do partido.