Casal gay de abutres choca ovo abandonado e adota cria em zoo

Postado Junho 03, 2017

Aves chocaram ovo durante dois meses e estão a criar o abutre bebé, agora com 20 dias, em conjunto.

Tudo aconteceu num jardim zoológico de Amesterdão, que decidiu oferecer o ovo, que nenhuma fêmea queria, a um casal de abutres que mantém uma relação homossexual há já muito tempo. Os dois estão juntos "há alguns anos", segundo os responsáveis do zoo, citados pela BBC, e agora chocaram um ovo e estão a tomar conta da cria de 20 dias.

Quando o staff do Zoo descobriu um ovo abandonado enviou-o para uma incubadora. "Não tínhamos garantia de sucesso e por isso foi um pouco arriscado, mas pensámos, que esta era a oportunidade deles".

Segundo o tratador, os dois abutres pais são muito protetores com a cria.

"Tal como em algumas espécies de pinguins, os abutres fazem as mesmas tarefas, de forma rotativa". As fêmeas colocam os ovos, mas o casal choca e busca por comida juntos. "Os machos estão programados para ter todo o cuidado necessário", explica. Outra ave nasceu no mesmo período, de um casal heterossexual resgatado de um acidente rodoviário em Espanha.

Em abril de 2016, outro casal de abutres gay cuidou de um ovo abandonado no zoológico de Nordhorn, no norte da Alemanha.

"Temos sorte de ter duas histórias muito especiais neste ano", disse Van Tol.

Na maioria das espécies de abutres, é difícil distinguir os machos das fêmeas na natureza.