As duas crianças resgatadas do rio Vouga morreram

Postado Junho 12, 2017

Segundo uma fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro, citada pela Lusa, trata-se de dois irmãos que desapareceram ao início da tarde quando tomavam banho nas águas do rio Vouga, junto à ponte de Sernada, Macinhata do Vouga, Águeda.

A criança mais velha entrou na água para ajudar a mais nova.

"Não conseguimos recuperar" a menina, foram dois mortos, disse fonte do CDOS à Agência Lusa.

Uma menina de 14 anos foi resgatada inconsciente da água, mas acabou por morrer a caminho do hospital, para onde seguiu em manobras de reanimação. O menino de 11 anos apresentou dificuldades e a irmã terá acorrido em seu auxílio, acabando por desaparecer os dois.

Em declarações à SIC no local, cerca das 18:00, Jorge Almeida explicou que o menino "foi encontrado agora mesmo sem vida".

A família das crianças é de Santa Maria da Feira e, depois de almoçar em Aveiro, terá ido em passeio até à beira-rio, em Águeda. Os desaparecimentos ocorreram em zonas balneares.

O alerta foi dado às 14h39.

Segundo o JN apurou, o desaparecimento deu-se na parte norte daquela praia, uma das mais concorridas da cidade. As buscas estavam a ser levadas a cabo pelos Bombeiros de Águeda e de Albergaria-a-Velha, num contingente de 45 operacionais.