Estados Unidos testam mais um míssil balístico intercontinental

Postado Agosto 04, 2017

O voo dos B-1B, realizados no domingo, foi uma resposta directa ao teste de mísseis e ao lançamento do foguete "Hwansong-14", de 3 de julho, segundo um comunicado dos Estados Unidos.

A Força Aérea dos Estados Unidos lançou com sucesso, esta quarta-feira, um míssil balístico intercontinental, desarmado. Foi a quarta vez desde o início do ano.

Os testes na Base de Vandenberg da Força Aérea, na Califórnia, normalmente são marcados com semanas ou meses de antecedência, mas foi realizado por conta da elevada tensão com a Coreia do Norte pelo lançamento de um ICBM na semana passada.

Uma declaração da Força Aérea disse que o teste serviria para mostrar a eficácia, preparação e precisão do sistema de armamento e que não se tratava de uma medida contra a Coreia do Norte.

Os mísseis Minuteman são testados regularmente desde Vandenberg, de onde são enviados para uma zona de teste no Pacífico.

Os lançamentos anteriores de ICBMs Minuteman foram conduzidos em fevereiro, abril e maio. O intercetor destruiu uma ogiva simulada sobre o Pacífico. Os Estados Unidos testaram ainda outro lançamento bem sucedido no Alasca.

Dados sobre o mais recente ensaio norte-coreano indicam que uma parte do continente norte-americano, incluindo Los Angeles e Chicago, estará ao alcance das armas de Pyongyang, de acordo com analistas, refere a agência noticiosa norte-americana Associated Press.