Embarcação com cerca de 70 pessoas naufraga e deixa mortos no Pará

Postado Agosto 24, 2017

Há cerca de 40 desaparecidos. De acordo com informações da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), já foram encontrados sete corpos de vítimas do naufrágio.

Um barco de passageiros com cerca de 70 ocupantes naufragou na madrugada desta quarta-feira num dos caudalosos rios do interior do estado brasileiro do Pará, no coração da selva amazónica.

Pelo fato desta parte do rio Xingu ser muito aberta, dificulta o trabalho de buscas por sobreviventes.

A Agência Estadual de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon) revelou que esta embarcação "não estava autorizada para fazer o transporte de passageiros por não se encontrar registada na Arcon", cita a Folha. Um inquérito administrativo será instaurado para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente. Até as 10h, somente 25 vítimas do acidente haviam alcançado a margem do rio vivas. A BandNews afirma que o número de mortos é de 11 pessoas. O acidente, no entanto, aconteceu horas após a saída de Porto de Moz.

Consegui sair do barco logo que naufragou.

Duas pessoas conseguiram se salvar e foram levadas à Santarém.

Segundo a R7, há 43 pessoas ainda desaparecidas.

Os trabalhos de busca e resgate das vítimas contam com a participação das Defesas Civis Municipais de Belém, Senador José Porfírio e Vitória do Xingu.