Ecclestone aponta Kubica para 2018

Postado Outubro 13, 2017

"Se Kubica não tivesse sofrido o acidente, penso que teria sido campeão", garantiu Ecclestone em entrevista ao Autosport, relembrando o grave acidente que o polaco sofreu em 2011 no rali "Ronde di Andora", em Itália. Creio que ele possa retornar ainda mais forte do que antes. Ele será bom para a Fórmula-1.

- Se eu fosse a Williams, tentaria convencê-lo a vir para o time. A presença dele talvez acordasse o pessoal por lá (na Williams).

A equipe disse que o dia havia sido "exitoso", com o piloto de 32 anos dirigindo um FW36, de 2014, no circuito britânico. "Se Robert estiver por lá, ele pode acordar muitas pessoas", declarou. Ninguém sabe. Então seria legal ver o que um cara que deveria ser rápido no carro para descobrirmos.

Longe de se poder já falar de um regresso de Robert Kubica à Fórmula 1, o polaco realizou um teste com um Williams em Silverstone, do qual a equipa britânica não forneceu qualquer detalhe. O carro usado pelo polonês em sua avalição é o mesmo com o qual Stroll, antes de iniciar sua primeira temporada na F1, realizou vários testes para se familiarizar com circuitos que nunca havia corrido antes.

Apesar de dizer que deu tudo certo com o dia de testes de Robert na Inglaterra, a Williams preferiu guardar as informações acerca do número de voltas completadas e dos tempos dos giros rápidos que o polonês fez.

Kubica realizará outro teste com o carro na próxima semana, em Hungaroring, circuito pelo qual ele participou dos testes coletivos em agosto da F1, pela equipe Renault, com o carro deste ano. Acredita-se que a experiência será realizada antes do GP dos EUA, com Paul Di Resta pilotando em um dos dias de testes.