Daqui pra frente, a LG só deve lançar novos smartphones 'quando necessário'

Postado Janeiro 13, 2018

Ano após ano, a LG sempre lançava novos smartphones em datas praticamente determinadas por um calendário visando concorrer com a Samsung. Assim sendo, a companhia irá adotar uma nova estratégia para seus flagships e deixará de atualiza-los anualmente.

Como resultado, a divisão móvel da LG amargou prejuízos por incríveis 11 trimestres seguidos e como seus aparelhos intermediários e de entrada conseguem ao menos manter as finanças em dia, a decisão foi fazer ajustes profundos nos produtos de ponta: durante uma coletiva de imprensa na CES 2018, o vice-presidente da LG Cho Sung-jin anunciou que o ciclo de atualização de seus smartphones premium, tanto da linha G quanto da linha V deixará de ser anual, e novos modelos só serão introduzidos "quando necessário". Isso significa que não teremos mais lançamentos de linhas, como da G e V, todos os anos ou pelo menos nas mesmas datas. Logo, não deve ser surpresa descobrir que a empresa tem planos de uma mudança e tanto para essa área, em sua busca de torna-la novamente lucrativa. A LG deverá publicar a décima primeira perda trimestral seguida, mesmo que outras áreas em que a empresa atua tenham registrado lucro no último trimestre. "Mas nós não vamos lançá-los apenas porque outros rivais também lançaram", afirmou o executivo.

O G6 foi lançado antes do cronograma em 2017, mas o dispositivo teve um grande retrocesso devido ao fato de estar equipado com um Snapdragon 821 e não com o novo Snapdragon 835.