Chelsea precisa estar pronto para sofrer contra o Barcelona, diz Conte

Postado Março 15, 2018

Com cinco gols nos últimos cinco jogos pelo Chelsea, o meia Willian espera manter a média no duelo desta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília) contra o Barcelona, no Camp Nou, na Espanha, no jogo de volta das oitavas de final de da Liga dos Campeões. Messi fez o primeiro, após tabela com Dembelé e Suárez. Nesta sexta serão sorteados, na sede da Uefa, os confrontos das quartas de final. No jogo anterior em Stamford Brige, o Chelsea terminou frustrado com o gol de Lionel Messi que decretou o empate em 1 a 1 com o Barcelona. O argentino roubou a bola no meio-campo, disparou pela direita e acionou Dembélé na esquerda.

Para o segundo tempo, o Barcelona voltou com o ritmo do início da partida. Aos dois minutos, Suárez quase anotou o terceiro, diante de nova falha da defesa inglesa. Na sequência, aos quatro, Piqué puxou Marcos Alonso dentro da área. O árbitro deixou o lance seguir, para desespero do time inglês.

Ainda insatisfeito com o placar, Valverde trocou Iniesta por Paulinho aos 9 minutos. Hazar tentou o chute, mas foi bloqueado por Umtiti e a bola sobrou com Fábregas. Com os dois gols anotados, Messi chegou a 100 tentos na história da competição.

Um pouco antes disso, uma cena curiosa: muito contestado e vaiado em outras situações, o português Andre Gomes substituiu Busquets e foi aplaudido pela torcida. As mudanças deram novo fôlego ao setor ofensivo do Barcelona.

O terceiro gol era questão de tempo.

Além da disputa do campeonato, Messi perseguia uma marca pessoal na partida.

No final do 1º tempo, o Chelsea chegou a acertar a trave, e assustou o goleiro do Barcelona.

O FC Barcelona juntou-se nos 'quartos' a Real Madrid, Sevilha, Manchester City, Liverpool, Bayern Munique, Roma e Juventus.